Crescendo e aprendendo… a organizar!


Por Tereza Karam

Quando desenvolvo um projeto de organização envolvendo crianças costumo sair reabastecida! É uma delícia vê-las empolgadas com uma nova forma de dobrar peças de roupa… procurando uma solução através de caixinhas… vibrando por um item redescoberto que há muito não se via… revivendo uma história num trabalho de escola… aprendendo a se organizar!

Gosto desta colocação de Jean Piaget: “O professor não ensina, mas arranja modos de a própria criança descobrir. Cria situações-problemas.”

No processo de organização do ambiente utilizado com as crianças, costumo conversar com os pais deixando claro que a criança deve ter autonomia para decidir o que ficará e o que será descartado. É possível ocorrer divergência entre o universo infantil e adulto sobre o que é bonito, útil e emocionalmente bom.

O trabalho do Personal Organizer envolve identificar a necessidade de organização do ambiente, respeitando a história e as demandas emocionais de cada pessoa envolvida. A ideia é criar um ambiente feliz e estimular a criança em desenvolvimento, a descobrir soluções no meio do “caos” despertando o desejo de criar e manter a ordem.

IMG_1584

 

Este projeto envolvia a organização apenas do escritório, mas naturalmente as crianças nos levaram para seus quartos com gavetas de livros, brinquedos e a constatação de que ali também precisava organização.

 

 

Quando retornei para um trabalho com a mãe, tive uma surpresa maravilhosa! A menina de 7 anos empolgada com o resultado nos materiais de escritório, organizou sozinha sua gaveta mais complexa!

Sim… ela repetiu todo o processo que vivemos juntos:

– retirou todos os objetos
– limpou a gaveta
– selecionou o que queria manter
– separou numa sacola o que queria doar
– procurou caixinhas e organizou seus itens dentro da gaveta

IMG_1586

 

Fiquei tão emocionada por despertar nela esta ação que escrevi um bilhete!
Falei da minha emoção e reforcei sua iniciativa em organizar a gaveta de brinquedos!

 

 

 

Como Psicóloga, sei que reforços positivos são combustíveis para a manutenção de novos comportamentos, até que se tornem hábitos.

DICA DA TERE: crie um clima emocional divertido quando promover situações de organização, inspire-se em Piaget desafiando a criança a procurar soluções.

Personal Organizer Curitiba é com a Dica da Tere, especialista em organização. Ensina você desde como organizar guarda roupa até criar um ambiente feliz!

Deixe sua Resposta